.Março 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Parabéns a Você...Hoje é ...

. Um Homem também Chora...

. Ele anda por aí

. Arte Popular ou nem por i...

. 17 anos depois...

. E começou a Campanha...

. "Não Exite!!!!"

. Sondagem pós-debate

. Anda cá ao pai!

. Boatos...

.links

.arquivos

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quinta-feira, 28 de Outubro de 2004

Coragem Fora de Série

Não posso deixar de destacar esta frase, contida numa entrevista dada por Rui Unas a uma revista...
"Nos dias de hoje, alguém assumir-se como monogâmico ou está a mentir ou tem uma coragem fora de série."
Bom...vou ser sincero e dizer que me enquadro no grupo dos corajosos...
De facto, faz-me alguma confusão o estilo de vida que algumas pessoas assumem...algumas dessas pessoas dizem que é para encontrar a perfeição e que não podemos ficar por única pessoa...
Ora bem, mas então se pensamos ou temos indicações de que aquela será à partida a Tal pessoa...para quê tentar algo mais com outras pessoas???
Estaremos provavelmente a magoar aquela pessoa e não é garantido que quem seguirá será realmente a Tal...
Por isso, nos dias que correm as relações são tão efémeras e curtas...porque se calhar a sinceridade foi à muito posta de parte e as pessoas ao tentar encontrar a Perfeição, mais do que magoar terceiros, estão a magoar-se a elas próprias...
Provavelmente o que procuram é Utópico...
Por estas e por outras é que eu não tenho qualquer tipo de problema em dizer que sou fiel, monogâmico e portanto, muito corajoso em assumir isso mesmo...como também não tenho problema em dizer que já perdi muitas oportunidades na vida, só por ser...fiel...
Se me arrependi...eu respondo...Não!!!
Afinal de contas sou o que muitos homens não são...



Abraço
Filipe
publicado por Phil às 08:05
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Anónimo a 29 de Outubro de 2004 às 23:46
O problema de hj em dia é essencial/ o tal "fast-food" dos relacionamentos. E a falta de coragem em assumir o q real/ se sente em relação ao outro. Contudo, este assumir deve ser feito em 2 actos. 1º sendo sincero p/ connosco e dps, n menos importt, p/ c/ o(s) outro(s) elemento da relação. Sinceridade e honestidade andam demodé o q é lamentável. Bjspinguim
(http://pinguim.blogs.sapo.pt)
(mailto:blog_pinguim@sapo.pt)
De Anónimo a 29 de Outubro de 2004 às 10:10
AHH! Mas Bravo pela tua posição tão vincada Filipe. kissAndreia
</a>
(mailto:andreiapatriciasousa@hotmail.com)
De Anónimo a 29 de Outubro de 2004 às 10:09
Sou da mesma opinião do Jorge. Acho q de facto é uma questão mt complexa e com mts contornos... Não é uma questão tão simples de se analisar, afinal, a vida não é uma fórmula matemática... Mas, acima de tudo, a sinceridade é sempre um valor básico em qq relação. beijinhosAndreia
</a>
(mailto:andreiapatriciasousa@hotmail.com)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 23:11
P/ Jorge: Concordo em absoluto. ;)Filipe
(http://partirgelo.blogs.sapo.pt)
(mailto:fbarreto@netcabo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 23:09
P/ Filipe: Isto é que é uma verdadeira troca de comentários, pena que não acontece mais vezes com os nossos leitores. :) Muito positivo!!! Concordo ctg, sentimentos não são peças de Lego, por isso msmo não são assim tão bem definidos e nem sempre encaixam como gostaríamos. Mesmo assim devemos viver de acordo com o que sentimos, e não precisamos de magoar outros, basta mostrarmos quem somos e o que sentimos.Jorge
(http://sonhosurbanos.blogs.sapo.pt)
(mailto:thesandman@sapo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 23:05
P/ Jorge: Quanto a isso também não tenho dúvidas...mais do que assumir...deve-se ser realmente honesto e sincero...pois acho que a outra pessoa pode não merecer ser magoada...afinal de contas...essa pessoa foi no mínimo especial para nós...logo merece toda a consideração e mais alguma...os sentimentos não são peças de Lego!!Filipe
(http://partirgelo.blogs.sapo.pt)
(mailto:fbarreto@netcabo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 23:01
P/ Filipe: Mas quando digo que é um assunto delicado nem estou a ligar às modas de relacionamentos sociais (isso é tudo sem paixão e "plástico", a fast-food das relações inter-pessoais). Falo mesmo em termos de sentimentos.Jorge
(http://sonhosurbanos.blogs.sapo.pt)
(mailto:thesandman@sapo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 22:58
A coragem tem a ver com o ser aceite socialmente ou nao, isto é, parece que é fashion ou bem, dizer-se ou assumir que se namora com X, e que se curtiu com Y...(obrigado Anjo, por esta dica!)...no entanto, parece que nos dias de hoje é má onda assumir-se que se é homem de uma mulher só...eu assumo-o com toda a coragem...
Filipe
(http://partirgelo.blogs.sapo.pt)
(mailto:fbarreto@netcabo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 22:54
De Facto é um tema delicado que acho que não pode ser colocado de forma tão fria, pergunto muitas vezes: Será que é natural uma vivência humana monogâmica? E confesso que ainda não cheguei a conclusão, na minha opinião não tem nada a ver com coragem. Mesmo assim admiro a tua convicção e acho que é de louvar. AbraçoJorge
(http://sonhosurbanos.blogs.sapo.pt)
(mailto:thesandman@sapo.pt)

Comentar post